Filhos de jogadores que igualaram ou superaram os pais no futebol

Filhos de jogadores que igualaram ou superaram os pais no futebol

Eles ignoraram a pressão e decidiram seguir a carreira dos pais. E se deram bem.

COMPARTILHAR

Se alguns sucumbiram à pressão de seguir a carreira dos pais, outros aproveitaram a chance e alcançaram nível semelhante. Em alguns casos, superaram seus progenitores. Afinal, no futebol, não há qualquer verdade absoluta.

A galeria abaixo reúne dez pais e filhos, brasileiros e estrangeiros, que podem se sentir orgulhosos de suas carreiras como jogadores de futebol. Confira:

Djalminha
Djalma Dias era um dos zagueiros mais respeitados em uma das épocas mais frutíferas do futebol brasileiro: os anos 60. Tornou-se ídolo do América-RJ e ainda defendeu Palmeiras, Atlético Mineiro, Santos e Botafogo. Passou pela seleção, mas ficou de fora da lista de convocados para o Mundial de 1970.

Djalminha, por sua vez, era de outro perfil. Meia de raro talento, encantou os palmeirenses (e os brasileiros, no geral) na década de 1990. Verdadeiro showman, também fez história com a camisa do La Coruña. Assim como o pai, ajudou a seleção nas Eliminatórias e era presença certa na lista de convocados de 2002, mas ficou de fora. (Foto: Reprodução/Placar)
« 2 de 10 »

Deixe seu comentário!

comentários