Relembre casos de jogadores que deixaram a aposentadoria

Relembre casos de jogadores que deixaram a aposentadoria

Atletas chamaram a atenção por retornar aos gramados mesmo com idade avançada

COMPARTILHAR

Na última semana, o pentacampeão mundial Rivaldo anunciou que iria deixar a aposentadoria para retornar aos gramados. O meia havia se retirado em 2014 para se dedicar à presidência do Mogi Mirim-SP, último clube que defendeu como profissional.

Como o “Sapão” enfrenta uma situação bastante complicada e hoje ocupa a lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, o veterano de 43 anos decidiu calçar as chuteiras mais uma vez para tentar livrar o time do interior paulista da zona de rebaixamento.

O caso de Rivaldo, entretanto, não é inédito no futebol brasileiro. Por isso, a equipe do Alambrado elaborou uma lista para relembrar famosos jogadores que, por distintos motivos, mudaram de opinião e voltaram a atuar. Confira na galeria abaixo.

Até o Rei Pelé faz parte deste grupo de jogadores que voltou da aposentadoria. Ele havia pendurado as chuteiras em 1974, no Santos, mas uma oferta irrecusável do New York Cosmos o fez retornar aos gramados. Além disso, Pelé tinha a missão de divulgar o futebol no país norte-americano. O Rei deixou os campos definitivamente em 1977 (Foto: Reprodução)
« 6 de 7 »

 

Deixe seu comentário!

comentários